2 de set de 2015

#VergonhaAlheia - Ano III - # 26





Levanta a mão quem mais não aguentava mais o mês de Agosto! Se você também levantou, vem aqui comigo dar tchau pra esse mês horrível, que já se foi, com um dos casos mais chocantes do mês, do semestre e, talvez, do ano! O assassinato do Pixuleco.

Sim, o caso que chocou o país foi o da petista que esfaqueou o Lula inflável, apelidado de Pixuleco. Estavam lá todas as trans finíssimas fumando maconha pessoas anti-Dilma protestando com dança, selfies, gritos de guerra, muita animação e seu novo animal de estimação, o Lula Inflável (que custou aproximadamente R$ 12 mil, apesar da crise):


Satisfação em conhecê-lo, Pixuleco! Com a cara que eu faço sempre quando vou checar o saldo da minha conta.

Então, Pixuleco tava lá, desfilando pela cidade, atraindo milhares de fãs e curiosos com sua cara de insatisfação com o saldo bancário, quando, de repente ! Faca na caveira, ou melhor, no boneco. Uma mulher foi lá e passou o facão no boneco, acabando com a alegria dos aecistas e psdbistas que, pouco antes, tinham comentando que o boneco faria uma turnê (isso mesmo) devido à fama que o alcançou.

A petralha safada sem vergonha, como disse um cidadão do bem (é assim que os psdbistas se intitulam, né?), "assassina" foi identificada como Emanuele, estudante de Direito, e já foi detida. Apesar dos pesares, Pixuleco não sofreu maiores danos e, inclusive foi restaurado, depois de feita uma vaquinha que, apesar da crise, teve sucesso, e o boneco voltou às ruas, só que dessa vez, escoltado por seguranças e pela Polícia Militar.

Vão me xingar? Vão, mesmo eu dizendo que não sou petista, aecista, psdbista ou qualquer outro tipo de contrabandista, eu quero é que cada um deles vá pro quinto dos infernos, mas gente, pelo amor, né?! PELO AMOR! A galera faz dança, quermesse, piada, gasta um horror de dinheiro, sim, porque eu com doze mil fazia uma feira que vocês não têm noção; aí vão lá pra protestar, fazer TURNÊ, têm o brinquedo estragado, dão um jeito de fazer vaquinha e o troço tem escolta da Polícia Militar?! Ok, tá certíssimo, é pra isso mesmo que a PM serve.

E rapidinho identificaram quem foi a "agressora", já levaram pra cadeia, já fizeram inquérito e o caralho a quatro. Agora só falta esperar o resultado das investigações da chacina de Osasco. Será que vai ser preciso fazer dezenove bonecos infláveis das dezenove vítimas pro processo andar mais depressa? Enfim, é bizarro como que um boneco causou tanto auê, como se fosse algo realmente relevante, como se fosse tirar a Dilma de lá.

ENFIM, já falei o que eu tinha pra falar sobre isso, agora, vem cá: Gracyanne Barbosa e Belo. Sabem?! Olha eles aí:



Ai, que desgraça esse cabelo do Belo, gente... Certo, Gracy e Belo fizeram um ensaio pro Paparazzo e Gracy contou um monte de coisa que a gente poderia seguir vivendo sem saber, viu?

Por exemplo, você sabia que é difícil para o Belo jogar Gracyanne Barbosa de um lado para o outro na cama? Ou pegar com força? Você sabia também que Belo nega as afirmações, e que disse que consegue SIM, e que consegue mais, agora que está malhando?

Você sabia que Gracy e Belo já fizeram sexo no banheiro de um avião, na ida pra Paris?? E que já até deram umazinha no camarim de uma emissora? E que tudo isso é por vontade de Gracy, já que Belo é cagão?

Você sabia que Belo não curte sexo anal? Mas que Gracyanne curte? E que Belo considera o sexo anal a "cereja do bolo"? E mais: Você sabia que Gracy ensinou Belo a usar um vibrador?

OU SEJA, que tragédia, né?! Aí depois, qualquer coisinha é "Nossa, não queremos nossa vida pessoal exposta assim...". Estamos de olho, meus caros, de olho!

Falando em coisas bizarras, vem ver essa moda que a galera lá de Taiwan resolveu lançar:



Isso, meus amigos e minhas amigas, nada mais é que uma sacola plástica de supermercado. Isso mesmo, a moda por lá é fazer selfie usando uma sacola de supermercado. Assim, sem mais nem menos. Olha que desgraça:





Alguém me acode, porque eu não tô bem!


Gente, esse povo não tem mais o que inventar não, hein? Já não tá bom os cosplays e coisa e tal? Tinha que meter uma sacola de prástico na parada? Poxa vida, gente...

Bem, eu espero que essa moda não pegue aqui no Brasil, porque né, vocês sabem como a gente aqui adora uma presepada.

Falando em presepada, vamos analisar a imagem abaixo:



Sim, esta é a cela de uma prisão. Sim, estes são dois detentos com queimaduras pelo corpo. Sim, esta foi uma bela de uma idiotice.

Acontece que na delegacia de Martinhos, no litoral paranaense, três detentos resolveram tacar fogo no puteiro, literalmente (ou eles acham que a gente não sabe o que rola por lá, hein?).

Huguinho, Zezinho e Luizinho se rebelaram na segunda-feira (por isso a coluna saiu hoje, eu tinha que falar disso pra vocês), e fizeram o quê? Isso mesmo, atearam fogo nos colchões da cela. Só que os três patetas se esqueceram de um pequeno detalhe: Eles não tinham pra onde correr das chamas. Ou seja?



Isso mesmo, parabéns! Mas eu não to falando que a gente adora uma presepada?! Gente, qual o nível de retardo dessa galera? Que ideia mais... mais... AH, não tem nem o que dizer, é pura idiotice mesmo (ou sandice, como dizia Tieta! Saudades da Tieta, por onde anda?).

Segundo o TabloideBR, um quarto preso também ficou ferido, ou seja, além de fazer merda, ainda envolve quem não tava nem aí pra nada, só queria ficar ali cumprindo a pena (bem, queria não, né, porque ninguém quer ficar preso, mas vocês entenderam!).

Eu, por mim, já tascava esses três na próxima edição de A Fazenda, porque né?! Mais do que justo!

E gente, vou indo nessa, porque já falei demais por hoje, certo? Não teve mais nada de (ir)relevante nessa semana, e já to aqui em desespero pra conseguir vergonhas pra próxima edição. 

Não me xinguem, mas se me xingarem, falem apenas do meu cabelo, ou que eu engordei, tá? Tô enorme mesmo, credo.

Um beijo, um queijo, um abraço, FUI!

Leia Também:

Leandro Faria  
Glauco Damasceno, um espírito livre, observador do tempo, da vida e das muitas timelines da web. Sonha em ter muito dinheiro pra poder cair no mundo, aprender tudo o que puder. Acredita que jazz, blues, soul, pop, samba, pagode e erudito sejam as trilhas sonoras perfeitas para a vida que leva
FacebookTwitter


0 comentários:

Share