15 de jan de 2016

Oscar 2016: Indicados e Considerações





Foram anunciados na última quinta-feira os indicados ao maior prêmio da indústria cinematográfica, aquele que todos querem ter, mas apenas poucos poderão colocar as mãos em cima: o senhor Oscar. E como é de praxe a gente aqui no PdB vai fazer uma pequena análise do que vem por aí. Vamos lá?

Na categoria de Melhor Canção, Lady Gaga pode ganhar seu Oscar depois de ter roubado a cena no Globo de Ouro. Isso porque ela foi nomeada pela canção Til It Happens to You do filme The Hunting Ground, que compôs com a veterana Diane Warren. Se vencer, os little monsters vão zoar muito os fãs de Madonna, que nunca sequer foi indicada. E vale ressaltar que outras divas da música também foram lembradas pela Academia: Amy, filme sobre a cantora britânica falecida em 2011, concorre para Melhor Documentário contra What Happened, Miss Simone sobre a complicada relação da cantora Nina Simone com sua vida particular e sua luta pelos direitos civis.

Para Melhor Ator Coadjuvante, o favorito Sylvester Stallone (Creed), que já venceu o Globo de Ouro emocionando todos os presentes, dificilmente deve perder essa, mas tem um páreo pesado com nomes como Mark Rylance (Ponte de Espiões), Christian Bale (A Grande Aposta), Tom Hardy (O Regresso) e Mark Ruffalo (Spotlight). Para Melhor Atriz Coadjuvante,  Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa) e Kate Winslet (Steve Jobs) são as favoritas ao prêmio. Rachel McAdams (Spotlight), Rooney Mara (Carol) e Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados) podem sair de mãos abanando, mas vale lembrar que estas duas categorias reservam sempre as melhores surpresas da festa.

E surpresa mesmo teve o Brasil que deve ficar muito contente porque, se por um lado não conseguimos uma indicação na categoria de Melhor Filme Estrangeiro com Que Horas Ela Volta?, o país pode, quem sabe, sonhar com a vitória em Melhor Filme de Animação, com O Menino e o Mundo, de Alê Abreu, que conta a história de um garoto tentando encontrar sua família no caos de uma grande cidade. O filme concorre com Anomalisa, Divertidamente, Shaun, O Carneiro e Quando Marnie Estava Lá.

Quem não deve estar nada contente porém, é Ridley Scott. Não será dessa vez, no entanto, que ele pode sonhar com o Oscar de melhor direção por Perdido em Marte, já que nem foi indicado para esta categoria e não tem muitas chances como melhor filme. Dessa vez, as atenções seguem ou para coroar George Miller por Mad Max: Estrada da Fúria ou mais uma vez o mexicano Alejandro G. Iñárritu, por O Regresso.

Entre os atores principais, se Leonardo DiCaprio não vencer, então não ganha mais. Pelo desempenho no fascinante O Regresso, ele chega à sua sexta indicação. Já venceu o Globo de Ouro e disputa com Bryan Cranston (Trumbo), Eddie Redmayne (A Garota Dinamarquesa), Matt Damon (Perdido em Marte) e Michael Fassbender (Steve Jobs). Para Melhor Atriz, Brie Larson tem sua chance de virar estrela pela arrebatadora performance em O Quarto de Jack, enfrentando veteranas como Cate Blanchett (Carol), Charlotte Rampling (45 Years), Saoirse Ronan (Brooklyn) e Jennifer Lawrence (Joy), por sinal, essa última nem merecia estar na lista.

E, por fim, para Melhor Filme, O Regresso tem o maior numero de indicações (doze) e concorre com Mad Max: Estrada da Fúria (dez), Perdido em Marte (sete), Spotlight (seis), Ponte dos Espiões (seis), A Grande Aposta (cinco), O Quarto de Jack (quatro) e Brooklyn (três). 

A cerimônia do Oscar ocorrerá dia 28 de fevereiro, terá como apresentador Chris Rock e você pode conferir todos os demais indicados aqui ó.

Leia Também:
Serginho Tavares  
Serginho Tavares, apreciador de cinema, para ele um lugar mágico e sagrado, de TV e literatura. Adora escrever. É de Recife, é do mar: mesmo que não vá com tanta frequência e com os pés bem firmes na terra.
FacebookTwitter


0 comentários:

Share