18 de jan de 2016

What Happened, Gaga?








BAFÃO! Isso mesmo migas, BAFÃO! Hollywood está em polvorosa. Eu disse p-o-l-v-o-r-o-s-a e se você está em pé, sente-se. Se está deitada, se jogue no chão. A bomba é a seguinte, calma que preciso de ar para respirar... Lady Gaga, que concorre ao Oscar este ano, pode não ter composto a canção. Isso mesmo little monsters! A Mama Monster talvez tenha escrito, ou melhor, reescrito apenas uma linha. E Diane Warren compôs toda a música sozinha. Quem cantou essa bola, que já pode ser o primeiro grande babado do ano, foi a cantora, compositora e produtora Linda Perry, aquela da banda 4 Non Blondes. lembra? 

Segundo Linda, ela escutou a música original Til It Happens To You para o documentário The Hunting Ground, ainda na voz de Diane Warren e uma frase que era "Til you got a hole ripped in your soul" virou "Til you’re at the end, the end of your rope", o que explica que Gaga poderia ter modificado isso ou a própria Diane Warren. Segundo Linda, isso não é compor! Tô nude, porque tá bege é fora de moda.

Ela também explica que Gaga ganhou os créditos da música porque seria uma forma dela ganhar mais aceitação. Ganharia Gaga, já que Diane Warren é uma compositora famosa por ter várias canções indicadas ao Oscar; e ganharia Warren, já que Gaga é uma cantora muito popular e a música poderia encontrar mais espaço já que é uma música feita para um documentário.

No meio desse furdunço todo, Lady Gaga não está nem aí porque nem se pronunciou e deve estar se peguntando quem é Linda Perry no red carpet. Vamos aguardar, né?


Til It Happens To You concorre no Oscar contra Writting’s on the Wall, de Sam Smith (007 Contra Spectre); Earned It, de The Weeknd (Cinquenta Tons de Cinza); Manta Ray, de J. Ralph & Antony (Racing Extinction); e Simple Song #3, de David Lang (Youth). A cerimônia do Oscar 2016 acontece no dia 28 de fevereiro e nós do PdB vamos dando todas as informações desta que é a maior festa de premiações do cinema.
Serginho Tavares  
Serginho Tavares, apreciador de cinema, para ele um lugar mágico e sagrado, de TV e literatura. Adora escrever. É de Recife, é do mar: mesmo que não vá com tanta frequência e com os pés bem firmes na terra.
FacebookTwitter


0 comentários:

Share