2 de mar de 2016

Tá No Cinema: Estreias de Março/2016





Fala galera, e aí, como vocês estão? Tudo bem?

O ano passa voando, o Oscar já aconteceu, e estamos em março. E, com esse novo mês, vem novas estreias nas telonas e nós do PdB sabemos que você gosta de estar antenado para se preparar para o que quer assistir nos cinemas.

Por isso, vem com a gente! Vamos sem demora conferir o que de melhor tem na nossa coluna Tá No Cinema para o mês de março de 2016. 

Kung Fu Panda 3 (03/03) 

O desajeitado urso panda Po (dublado originalmente por Jack Black), segue sua jornada ao lado do mestre Shifu (Dustin Hoffman), Tigresa (Angelina Jolie), Macaco (Jackie Chan), Víbora (Lucy Liu) e Louva-Deus (Seth Rogen). O grupo precisa enfrentar uma força sobrenatural e Po vai, finalmente, conhecer o seu pai verdadeiro, que havia sumido. 

Glenn Berger e Jonathan Aibel também são roteiristas dos filmes anteriores da franquia. Outra que retorna é a diretora Jennifer Yuh. 

A Bruxa (03/03) 

Situado na Nova Inglaterra, no ano 1630, a história é narrada pela jovem Thomasin (Anya Taylor-Joy). Depois que sua família se muda para uma nova casa na floresta, coisas estranhas começam a acontecer: animais tornam-se malévolos, a plantação morre e uma criança desaparece inexplicavelmente. Desconfiados, os membros da família acusam a adolescente de praticar feitiçaria.

O filme foi exibido no Festival de Sundance 2015 e rendeu a Roger Eggers o prêmio de melhor diretor de filme dramático americano. 

A atriz Kate Dickie, mais conhecida por seu papel como Lisa Arryn em Game of Thrones, está no elenco. 

Zoolander 2 (03/03) 

Os modelos Derek Zoolander (Ben Stiller) e Hansel (Owen Wilson) estão de volta e mais sensuais do que nunca, disparando seus clássicos olhares Le Tigre e Magnum. Eles seguem fazendo sucesso nas passarelas, mas uma nova agência de modelos pretende acabar com isso com grandes rivais. 

Além de dirigir e atuar, Ben Stiller assina a produção. O roteirista da comédia, Justin Theroux, trabalhou como ator no primeiro filme da franquia. 

Um Homem Entre Gigantes (03/03) 

O neurologista Bennet Omalu (Will Smith) faz um estudo pioneiro sobre uma doença que muitos jogadores de futebol americano apresentam, a encefalopatia traumática crônica. A descoberta gera nos bastidores do esporte muita preocupação entre atletas e expõe os reais interesses políticos, culturais e corporativos criados em torno da Liga Nacional de Futebol (NFL). 

O filme é baseado em fatos reais narrados na reportagem Game Brain, de Jeanne Marie Laskas. A mesma temática foi explorada na série documental Frontline no episódio League Of Denial: The NFL’s Concussion Crisis, lançado em 2013. 

A princípio era Ridley Scott quem dirigiria a produção. Ele desistiu e assina apenas a produção. O longa foi indicado ao Globo de Ouro 2016 de Melhor Ator de Drama (Will Smith). 

A Série Divergente: Convergente (10/03) 

A sociedade baseada em facções, na qual Tris Pior (Shailene Woodley) acreditou um dia, desmoronou, destruída pela violência e por disputas de poder. Agora, Tris terá de lidar com novos desafios e se vê mais uma vez forçada a fazer escolhas que exigem coragem, fidelidade, sacrifício e amor. 

A Série Divergente: Convergente é a adaptação do terceiro livro da trilogia literária, de Veronica Roth, que a Summit Entertainment comprou os direitos em 2011. Trata-se da mesma produtora responsável pela saga Crepúsculo

O último livro será dividido em duas partes no cinema, assim como aconteceu com as sagas Crepúsculo, Harry Potter e Jogos Vorazes

Invasão a Londres (10/03) 

O Primeiro Ministro britânico morreu de forma misteriosa. Seu funeral é agendado e contará com a presença dos políticos mais importantes do mundo. Um grupo de terroristas percebe que essa é a ocasião perfeita para o assassinato desses líderes, além de uma massiva destruição em Londres. Esse perigo iminente só pode ser impedido pelo presidente dos Estados Unidos (Aaron Eckhart) e o chefe do serviço secreto americano (Gerard Butler), que contam com a ajuda de um espião do serviço secreto de inteligência britânico. 

O filme é continuação do longa Invasão a Casa Branca e o ator Gerard Butler também assina a produção, mesmo cargo desempenhado no primeiro longa. 

Antoine Fuqua, que dirigiu Invasão à Casa Branca, não retorna na função por ter reprovado o roteiro. Fredrik Bond entrou em seu lugar, mas deixou o projeto por diferenças criativas e foi substituído por Babak Najafi. 

A Senhora da Van (10/03) 

A senhora Mary Shepherd (Maggie Smith) vive dentro de sua van quebrada, que ela estacionou na garagem de uma casa. Seu plano era ficar ali por apenas 3 semanas, mas já está há 15 anos. No começo, o dono da garagem, o dramaturgo Alan Bennett (Alex Jennings), a tratava de forma ríspida, mas o tempo acaba transformando os dois em grandes amigos. 

O filme é baseado em fatos reais. Essa história também foi transformada na peça The Lady in the Van, justamente estrelado por Maggie Smith e dirigido por Nicholas Hytner. 

Zootopia – Essa Cidade é o Bicho (17/03) 

Na cidade de animais de Zootopia, uma raposa é condenada à morte por um crime que não cometeu e parte numa fuga. Um policial de Zootopia, um coelho hipócrita, persegue a raposa, mas ambos são forçados a se unir quando se tornam alvos de uma conspiração. Eles então passam a perceber que inimigos naturais podem se tornar grandes amigos. 

A direção é de Byron Howard (de Enrolados) e Rich Moore (de Detona Ralph). Na animação Operação Big Hero (2014) há uma cena em que aparece o pôster de Zootopia. 

Floresta Maldita (17/03) 

A americana Sara (Natalie Dormer) está desesperada com o desaparecimento de sua irmã gêmea. Ela teme que a irmã tenha ido para a floresta dos suicidas Aokigahara, no Japão. Apesar de todos a alertarem, Sara se atreve a entrar na mata para descobrir o que realmente aconteceu. 

A trama é baseada em um argumento de David S. Goyer, roteirista de filmes como O Homem de Aço (2013) e Batman vs Superman: A Origem da Justiça (2016), que também assina a produção. A floresta onde o filme se passa é o mesmo cenário do longa Sea of Trees (2015), estrelado por Matthew McConaughey. 

A Vingança Está Na Moda (17/03) 

Tilly Dunnage (Kate Winslet) fugiu da cidade rural em que vivia na Austrália depois de ser acusada de assassinato. Ela parte para a Europa e lá conquista fama e reconhecimento por seu trabalho como costureira. Decidida a acertar as contas com seu passado, Tilly retorna para casa, transformando a vida das mulheres do lugar e ainda chamando atenção de um jovem (Liam Hemsworth). 

O filme é baseado no livro The Dressmaker, de Rosalie Ham. A produção é estrelada por Kate Winslet (Divergente) e Liam Hemsworth (franquia Jogos Vorazes), irmão mais novo de Chris Hemsworth (Thor). 

Batman Vs Superman: A Origem da Justiça (24/03) 

Clark Kent (Henry Cavill) tenta levar uma vida tranquila como jornalista, mas a todo momento é forçado a deixar o emprego para salvar o mundo como o Superman. No entanto, quando um grande evento acontece, Clark encontra-se com Bruce Wayne (Ben Affleck), mas esse encontro não será para selar uma amizade, mas um combate nunca antes visto! 

Christian Bale teria recebido uma proposta de US$ 60 milhões para reprisar o Batman neste filme, mas mesmo assim recusou. 

Casamento Grego 2 (24/03) 

Toula Portokalos (Nia Vardalos) e Ian Miller (John Corbett) continuam felizes para sempre depois do excêntrico e tumultuado casamento de anos atrás. Desde então, o casal leva com bom humor a rotina em meio às tradições da família dela. Desta vez, a filha adolescente de Toula e Ian é quem passa vergonha por causa dos familiares e a avó da jovem descobre que seu casamento não foi oficializado. É o que basta para a preparação de uma grande festa para celebrar a união. 

O primeiro filme da franquia custou US$ 5 milhões e arrecadou US$ 368 milhões em bilheteria, mundialmente. Rita Wilson e Nia Vardalos trabalharam juntas em várias produções, como Falando Grego (2009) e Larry Crowne: O Amor Está de Volta (2011). 

Conspiração e Poder (24/03) 

Em 2004, a produtora Mary Mapes (Cate Blanchet), o apresentador Dan Rather (Robert Redford) e a equipe do programa jornalístico 60 Minutes conseguem documentos importantes. As evidências provam que o presidente americano George W. Bush teve tratamento especial nos anos 1970, quando servia na Guarda Nacional do Texas. Isso teria garantido ao político a chance de não prestar serviço na Guerra do Vietnã. 

A reportagem é exibida, dando origema  uma crise de credibilidade midiática, pois os tais documentos não foram checados com eficiência e depois foi confirmado que as informações não eram verdadeiras, causando a saída de Rather, Mapes e de outros funcionários da empresa. 

O filme é baseado em fatos reais, narrados no livro Truth and Duty: The Press, the President, and the Privilege of Power, de Mary Mapes. A reportagem foi exibida pouco antes da eleição que rendeu a George W. Bush o seu segundo mandato. 

Após a descoberta das inverdades das informações, o canal CBS divulgou um comunicado lamentando profundamente o ocorrido, dizendo que as informações não deveriam ter sido usadas, pois não foi possível provar a autenticidade dos documentos. 

Triple 9 (31/03) 

Um grupo de criminosos prepara um grande roubo a banco e para isso conta com a ajuda de um policial corrupto. O plano é matar um policial, forjando um código 999, que significa oficial em perigo, para desviar a atenção do assalto. 

Shia LaBeouf, que trabalhou com o diretor John Hillcoat em Os Infratores (2012), é quem estrelaria a produção. Mas ele acabou desistindo do trabalho. Charlie Hunnam foi escalado para o seu lugar e acabou sendo substituído por Casey Affleck. 

Policial em Apuros 2 (31/03) 

O detetive Ben Barber (Kevin Hart) anda atarefado com os preparativos do seu casamento. No entanto, o trabalho fala mais alto e ele, juntamente com seu parceiro e cunhado, James Payton (Ice Cube), precisam capturar o poderoso traficante de drogas Pope (Benjamin Bratt) em Miami. 

O diretor Tim Story retorna nessa continuação. Ele é conhecido por seu trabalho em Quarteto Fantástico (2005) e Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado (2007). 

Voando Alto (31/03) 

O jovem Eddie Edwards (Taron Egerton) nunca foi bom em esportes, mas mesmo assim tem o sonho de fazer nome nas Olimpíadas de Inverno, em 1988, que foi realizada em Calgary, no Canadá. Com a ajuda do treinador Bronson Peary (Hugh Jackman), ele se torna o primeiro saltador de esqui do Reino Unido. Na competição, Michael se torna um atleta querido, mesmo terminando a prova em último. 

O filme é baseado em fatos reais. 

Especialista em Crise (31/03) 

Ao aceitar o desafio de trabalhar pela reeleição de um impopular presidente boliviano, um grupo de consultores americanos percebem que precisarão de ajuda. Depois de rastrear a consultora política Jane Bodine (Sandra Bullock), eles a convencem a liderar a equipe - decisão da qual se arrependem rapidamente, assim que "Jane Calamidade", como é conhecida, começa a explicar o seu apelido, desencadeando sua própria marca de caos na campanha. Quando tudo parece perdido, Pat Candy (Billy Bob Thornton), pior inimigo de Jane, chega à cidade para trabalhar para a oposição. 

O filme é baseado no documentário Our Brand Is Crisis (2005). Além de estrelar o longa, Sandra Bullock assina a produção. 
___

Bem galera, por hoje é só, espero que todos tenham uma boa sessão e um bom entretenimento. E me contem: quais filmes vocês querem ver? 

Leandro Faria  
Artur Lima: aficionado por cinema, música, seriados e livros, não nesta ordem, apaixonado por dias frios e chá. Estudante de Comunicação Social, acha que sabe de tudo e sonha em trabalhar com cinema.
FacebookTwitter


1 comentários:

Pau Kuri disse...

A primeira e última opção é o meu favorito. É um bom drama político que irá mostrar-lhe os prós e contras de uma campanha eleitoral através de um personagem irônico e muito escuro que vai ser tudo para o filme. Our Brand is Crisis, diverte, mas inacabada para fazer passar a mensagem que parece querer enviar, agradecemos o esforço que faz o filme para mostrar como imoral táticas eo jogo político norte-americano pode ter consequências graves quando se leva-los como um jogo em que só se preocupam com ganhar e aplica-se sem pensar em lugares onde a política é mais do que um espetáculo puro e onde as pessoas realmente o pão de cada dia e sobrevivência de suas famílias é jogado.

Share