4 de jul de 2016

#VergonhaAlheia - Ano IV - # 17





Não diga "Alô", diga "Como vai, Galisteu?", e ganhe cinquentinha. Tudo beleza, galera? Tudo tranquilo?

Pois bem, não tem muito o que fazer com a introdução de hoje, então vamos pra Televisão. E parece que a Record tá empenhada em criar sua nova Os Dez Mandamentos, e dessa vez a galera tá sendo ousada. Eles vão criar A Terra Prometida, a versão gospel de Game of Thrones.






Sim, Glória, foi isso mesmo que você leu. A Record vai criar a versão evangélica de Game of Thrones, gente, porque aparentemente a quantidade existente de histórias bíblicas não são suficientes, eles precisam adaptar as histórias mundanas ao mundo cristianístico. Agora, além de aturar o fanatismo dos fãs de GoT, também teremos que aguentar (ainda mais) o fanatismo dos fãs de Cristo, afinal a fanbase de Game of Thrones se assemelha bastante com a de Jesus: tem a parcela que curta na dela, respeita o espaço, oferece uma vez e, se a pessoa não topar, não insiste, e tem a parcela insuportável, que não te deixa em paz e acha que você vai pro inferno se não curtir. Ah, não me olhem assim, vocês sabem que é verdade.

Cotidiano. Do que o Brasil precisa? De uma reforma política? Emprego pra todo mundo? Melhorias na Segurança, Saúde e Educação? Sim, sim, sim, sim, e sim. Mas pra esses dois, o que o país está precisando MESMO é da Lei Paul Walker. Paul Walker, sabem? Sim, o ator da franquia Fast and Furious (Velozes e Furiosos) que faleceu num acidente de carro. O que tem a ver o ator e essa marmotagem? Bem, vamos conferir:

"Um projeto muito top."





Eu espero do fundo do meu coração que isso seja algum tipo de piada conscientizadora, mas não adianta esperar do fundo do coração, porque isso não é piada, gente. Os caras querem criar o dia do carro rebaixado, meu povo. "Pra vocês que 'acredita' na nossa luta, na nossa batalha". Meu bem, eu não tô acreditando nem no dia de amanhã ultimamente, quanto mais na sua luta pra ter um dia do carro rebaixado. Putsgrila, o que a crise fez com o povo...?

Celebridades. Angélica, sabem? Pois bem, tava ela e Dani Calabresa no carro, Angélica dirigindo (não, não vou fazer comentário sobre táxi) e, enquanto dirigia, Angélica resolveu passar um trote pra um dos atores do Zorra Total. Mas, como nada escapa ao olho de Thundera, o Detran viu e resolveu mandar um recadinho:






"É fã da Angélica? Conta pra ela, urgente, que falar ao telefone enquanto dirige diminui a atenção e a falta de atenção pode causar um baita acidente. Quem sabe na próxima, a pedido dos fãs, ela não vá de táxi"
Tá! Muito que bem. Fez a moça passar vergonha. E a multa? Pois bem, fica aí a reflexão.

Agora segura esse tchan aí, gente: O que você faria se chegasse num restaurante, fizesse seu pedido e viesse isso no prato: 


Gente, na boa, isso pra mim não é comida, valeu? Eu entrei pro mundo culinário no mês retrasado, mas sempre soube o que é mesmo um prato de comida. Parece que o cara tava fazendo o prato e a Ana Paula Padrão tava gritando alucicinada: "FALTAM CINCO MINUTOS!", e ele não conseguiu terminar o prato. Não me vem com essa de que é chique, é cult, porque não me desce. Comida pode até ser chique, mas tem que ter cara de comida. Me chamem de pobre, de antiquado, do que quiserem, mas não me aparece com um prato desses não, tá? Por favor.

E fica assim, gente. Semana fraca, mas o que eu posso fazer, né? É a vida.

Até semana que vem, se comportem. FUI!

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, um espírito livre, observador do tempo, da vida e das muitas timelines da web. Sonha em ter muito dinheiro pra poder cair no mundo, aprender tudo o que puder. Acredita que jazz, blues, soul, pop, samba, pagode e erudito sejam as trilhas sonoras perfeitas para a vida que leva
FacebookTwitter


0 comentários:

Share