3 de ago de 2016

#VergonhaAlheia - Ano IV - # 21





Eita lelê! Beeeeeem vindos a mais uma edição da #VergonhaAlheia, pessoal! Tudo certo por aí? A edição dessa semana veio na Quarta-Feira porque a que eu tinha feito tava parecendo o Jornal Nacional, e como aqui no PdB a gente tem essa liberdade de postar outro dia, cá estou.

Pois bem, sem mais delongas, vamos de Cotidiano: Parece que pro médico Guilherme Capel, as coisas não estão muito boas não. Qual o motivo? Bem...


Guilherme achou muito legal debochar da forma de falar de um de seus pacientes, e prontamente foi lá, tascou uma foto com as palavras "Peleumonia" e "Raôxis" no que parece ser a folha do prontuário do paciente, e fez o que? Postou no "Feiçe", fazendo uma caretinha. Claro, porque um bom deboche se faz mostrando a cara, que é pra garantir os likes de quem só apoia essas palhaçadas por conta dos rostinhos considerados bonitinhos.

E claro que teve um monte de gente falando que era apenas uma brincadeira, que coitadinho do "doutor", ele estava apenas fazendo um comentário jocoso, e coisa e tal. Inclusive eu li um texto em defesa de Guilherme, que dizia que a foto foi postada num grupo de WhatsApp. Que estranho, gente, eu não sabia que o WhatsApp tinha a opção de curtir, reagir com coraçãozinho, carinha de riso e tal... Será que preciso atualizar o meu ou só tem pra iOS? Alguém sabe me dizer?

Enfim, Guilherme foi lá e fez o que? Isso:


Claro. E depois fez um vídeo pedindo ajuda, porque agora tá desempregado, ninguém mais quer contratar ele... Mas relaxa, o Zorra tá sempre contratando, e qualquer coisa, você pode virar Youtuber, né, afinal, o que tem de gente fazendo vídeo pro YouTube, inclusive falando mal do Brasil, debochando e coisa e tal... Não se preocupa, se ninguém te contratar, faz vídeo. É legal. Bem, nem tanto, né?

FALANDO EM Youtuber...Marcella Tavares, sabem? Aquela que se faz de desvairada no YouTube, sabem?? Que faz uns vídeos berrando, chamando de burro quem escreve errado, que fala mal do Brasil, da Dilma... Ah, vá, vocês já devem ter topado com ela pelo "feiçe"! Enfim, Marcella foi abrir o show do Skank em Nova York, até aí tudo bem, né? Sim, tudo bem.

Mas acontece que a moça saiu do país dela pra fazer o que? Falar mal do país dela, pensando:

  "Vou pra New York falar mal do Brasil pros brasileiros que vivem lá kkkkk eles vão amar!".

E lá foi ela. O que aconteceu? Bem...


Tá vendo? Tá vendo o que acontece com quem fala mal do prato que come só pagar de engraçadão pro vizinho? Bem feito, levou vaia. Aí depois fez um vídeo onde dizia que estava chorando, mas não de tristeza, e que não ligava pras vaias, e mandou todo mundo tomar no cu, como boa brasileira que é.


O que me choca é uma mulher dessas ter fãs. Como é que deve ser a vida dos vizinhos dessa criatura? Sim, porque uma mulher que não fala, MAS GRITA O TEMPO TODO, ESCANDALOSAMENTE, PORQUE O GRITO É PRA MOSTRAR QUE SEM ISSO ELA NÃO TERIA FEITO SUCESSO, berrando o dia todo no apartamento ao lado, em cima e embaixo... Credo.

Política! O Ministério da Saúde tem um projeto MUITO LEGAL! Sério, é muito legal a ideia. Acontece que eles resolveram começar a divulgação do projeto pelo final, e deu nisso:



SIM! Eles usaram a hashtag #CloseCerto no final desta frase! Acontece que o projeto é uma parceria com o Hornet, um aplicativo de relacionamento bastante famoso, e mensagens seriam enviadas aos usuários sobre prevenção, teste e tratamento de DST's, mas alguém teve a brilhante ideia de, repetindo, começar a divulgar o projeto pelo final.

É CLARO que a Internet caiu matando, né, afinal foi um escândalo! Então, o Ministério tentou corrigir. E falhou de um jeito que até agora eu não entendi...



Mas gente, como é que a Adele foi parar no meio disso tudo, meu povo?? É com diz o ditado: A emenda ficou pior que o soneto...

Ainda sobre Política, o Presidente interino Michel Fora Temer foi discursar na inauguração da Linha 4, criada para facilitar a vida de atletas e pessoas que vão trabalhar durante as Olimpíadas, e de repente fez o que?


Puta que pariu, e a gente debochava dos discursos da Dilma... Pelo menos eles eram engraçados, né? Com todas aquelas trapalhadas de podia, não podia, quase que eu não podia, e teve também o da chuva, aquele em que ela saudou a mandioca, mas porra, Temer, seu pedaço de asno, câncer não é brincadeira não, cara! Vacilou e muito, hein!

Agora bora dar uma melhorada no ânimo dessa edição? Vamos! Voltando pro Cotidiano, depois de tantos "heróis" e "heroínas" contra a Polícia, que não podem ser presos por serem "importantes" ou terem amigos importantes, eis que surgiu uma Matadora de Polícia enviada diretamente do Inferno! Cata só:



Perigosa...



Mas, como nada escapa ao olho de Thundera, e aos olhos da briosa Polícia Militar de Macapá, Capetinha virou uma santa assim, num estalar de dedos:


É, né, gente, galera sabe que vai dar merda, mas insiste em fazer. Parece que gosta de saborear a própria desgraça, né não?

Então eu vou ficando por aqui! Um abraço pra todo mundo, um beijo, um queijo, e até a próxima semana! Espero que meu humor esteja melhor e a edição esteja daquele jeitinho que vocês conhecem bem.

FUI!

OBS:

E a gente?


Tchau!

Leia Também:
Leandro Faria  
Glauco Damasceno, um espírito livre, observador do tempo, da vida e das muitas timelines da web. Sonha em ter muito dinheiro pra poder cair no mundo, aprender tudo o que puder. Acredita que jazz, blues, soul, pop, samba, pagode e erudito sejam as trilhas sonoras perfeitas para a vida que leva
FacebookTwitter


0 comentários:

Share